REGRAS DO CANICROSS

Uma equipe do Canicross é feita de um conjunto composto por um competidor, correndo apenas a pé, e um cão.
Equipamento

O cão deve ser fixado ao condutor por uma linha de amortecimento com amortecedor em todos os momentos.

Deve ser fixada ao condutor por um cinto de cinto ou por qualquer outro tipo de equipamento 7Cm de largura sobre a coluna vertebral. É proibido ter qualquer forma de gancho ou anel de metal no arnês.

A linha de desprendimento expandida não deve ser inferior a 1.5 metros e não deve exceder 3m de comprimento.

É estritamente proibido puxar o cão ou forçar o cão a avançar por qualquer meio.

Se um cão se tornar impróprio ou se recusar a avançar por qualquer motivo, o competidor não está desclassificado.
Canicross Brasileiro – regulamento

1.Atleta e cachorro devem estar conectados o tempo todo através da guia até mesmo antes e após a prova no local de onde acontece o evento. Antes e depois da prova os cães devem ficar conectados o tempo todo ao tutor por uma guia não elástica presa ao pescoço para que o dono tenha maior controle sobre o cão. Não podendo ser o tipo de guia carretel. Caso o tutor tenha a necessidade de se afastar do cão, o mesmo terá que ficar preso em algum objeto fixo com um staff ao lado.

2.Durante a prova: A guia deve ter entre 1,5 – 2 m de comprimento presa ao peitoral e ao cinto do corredor e ter uma parte em elástico.

3.Cachorro não pode estar com enforcador durante a prova. O uso de peitoral ou arnês (colete de tração) é obrigatório para não machucar o cachorro durante a prova.

4.O Atleta deve correr com cinto e com as mãos livres.

5.Apenas um cachorro por atleta.

6.O cachorro deve estar em plenas condições físicas e psicológicas de participar desta atividade.

7.O Veterinário responsável durante o dia do evento pode  verificar as condições físicas e psicológicas do cachorro, antes da largada.

  1. A carteira de vacinação do cachorro deve estar em dia. Deverá ser mostrada na retirada do kit e um atestado do medico veterinário liberando o cão para atividade física.

9.O cachorro tem que ter no mínimo 12 meses.

10.Não poderá ter troca de cachorro durante a corrida.

11.O atleta é responsável pelo seu cão. O organizador não se responsabiliza por quaisquer perdas ou danos causados por seu cão.

12.O cachorro não pode correr sozinho e nem o tutor poderá correr sozinho.

13.É obrigatório o uso calçado apropriado para corrida, não podendo correr sem camisa. Pode usar calça, bermuda ou short.

14.O atleta está em plenas condições físicas e psicológicas d e participar desta atividade.

15.Categorias: A – Masculino B – Feminino.

O que é o canicross

É uma modalidade esportiva na qual o tutor e o cão correm juntos. O cachorro deve ir agarrado à cintura do seu dono com um arnês especial anti-puxões e um cinturão específico de canicross (costumam ser bastante compridos) que se colocará na cintura do dono para controlar a velocidade do cachorro.

As guias tradicionais não servem, trata-se de um equipamento específico que protege o cachorro e o dono dos puxões do companheiro de quatro patas.

 

O que precisa

É fundamental contar com o equipamento específico para praticar este esporte, pois caso contrário poderíamos sofrer uma lesão, tanto o cachorro como o dono. O conjunto completo do canicross inclui:

>Cinturão para o corredor;

>Arnês para o cachorro (não é o mesmo arnês que o do

passeio);

>Uma guia amortecida;
Além destes elementos básicos para o esporte deverá ter em conta que:

O cachorro deve ter mais de ano, ter passado por um controle veterinário e se  encontrar em perfeita forma física.

Não se pode participar em uma competição com cachorros agressivos que podem colocar em risco outros corredores, utilize a focinheira se for necessário.

O dono nunca pode ir à frente do cachorro.
Posso praticar canicross com o meu cachorro?

Antes de começar a praticar esse esporte lembre-se que deve cumprir com os requisitos de idade e saúde mencionados anteriormente.

À partida podemos participar com qualquer cachorro apto para correr com regularidade, no entanto e como é lógico, existem raças de cachorros com uma melhor predisposição que outras para corridas. Neste aspeto deve utilizar o senso comum e não utilizar para o canicross cachorros como por exemplo o Pug, uma vez que no geral

têm dificuldades respiratórias. Cachorros aptos para o canicross podem ser de todo o tipo, não falamos apenas do Husky Siberiano ou do Malamute do Alaska.

Antes de participar em uma competição, terá de treinar com o seu cachorro em parques ou zonas ideais para isso. A melhora na corrida do cachorro também ocorre de forma gradual, de forma idêntica à que nós adotamos.

 

Rotina de treino

Existem várias modalidades dentro do canicross, no entanto a mais habitual é praticar esta atividade sobre terra firma embora existam outras categorias, como por exemplo na neve.

O percurso costuma de ser entre 5 a 10 km, no entanto isto pode variar em função das regras da federação organizadora. Neste tipo de eventos considera-se fundamental a atenção e o cuidado do cachorro, a classificação muitas vezes é algo secundário.

As pessoas que se dedicam a competir no canicross a nível profissional fazem-no desde o mais absoluto e profundo respeito com o animal, deste modo há algumas coisas

proibidas, como por exemplo o cachorro correr com o arnês atrás do homem e também qualquer tipo de maltrato.

Por último, é recomendável ir ao veterinário com o seu cachorro para confirmar que a sua saúde e disponibilidade física para correr neste tipo de condições são as ideais.


Competição de canicross

O canicross ainda é uma prática pouco conhecida no Brasil, mas que tem vindo a ganhar cada vez mais popularidade. Por isso, pode ser que você tenha alguma dificuldade em encontrar o equipamento necessário à venda no mercado nacional. Talvez o melhor seja recorrer a lojas online. Além disso, já existe a AGCani – Associação Gaúcha de Canicross para que a atividade ganhe mais visibilidade no país.

Anúncios