Clipagem Notícias

Seu cachorro ganhou peso no confinamento? Saiba como ajudá-lo a emagrecer

Vai Totó ExpoCani Campeonato Internacional de Canicross 3° etapa

Em muitos lares, tutores estão notando que seus cachorros estão ficando mais gordinhos durante esse período de distanciamento social. E, sim: a culpa costuma ser dos petiscos. Se antes os animais se alimentavam duas vezes ao dia, agora passam a receber alimentos extras em diversos momentos.
Mas essa história também tem um “vilão” número dois: as crianças, que amam compartilhar as refeições com os mascotes.

Cachorro acima do peso sabe ser fofo – e uma gordurinha extra, nesta época do ano, até que é bem-vinda.
Mas se o excesso de peso está acima de 20% daquele considerado ideal, o que é confirmado pelo veterinário, pode estar na hora de reduzir o aporte de energia oferecido ao seu animal de estimação.

Isso porque diabetes e outras doenças, como as cardíacas e as renais, acabam sendo fortes aliadas para a complicação que é o sobrepeso. Mas não sejamos radicais.

Veja alguns truques que podem auxiliar seu pet a perder peso sem passar fome ou se sentir angustiado pela falta de farta comida de outros dias.

  • Acabe com os petiscos fora de hora.
  • Se o seu pet se acostumou a receber petiscos em forma de recompensas, procure aquelas com zero calorias.
  • Aprenda a resistir àquele olhar de cachorro pidão.
  • Converse com seus filhos sobre petiscos fora de hora.
  • Ofereça duas refeições ao dia: uma pela manhã e outra no final da tarde ou à noite, sendo esta a menor.
  • Informe-se com o veterinário qual a melhor ração para a atual conformação física do seu cachorro, com vistas à redução de peso.
  • Se não existe limitação ou patologia óssea que o impeça de se movimentar livremente, vale forçar seu cachorro se exercitar para buscar comida em casa. Se ele dorme na sala, deixe o alimento em outro lugar, o que o forçaria a caminhar.
  • Se o animal gosta de brinquedinhos e brincar de pegar, use e abuse desse recurso.
  • Passeie com seu mascote. É, eu sei, está mais complicado, mas ficar dando voltinhas pelo apartamento também funciona.
  • Cães idosos (e por isso menos ativos) tendem a se tornar cães obesos. Aí você só poderá manejar a ração. Não subestime as visitas a um veterinários quando seu pet é idoso. Um aumento de peso, nessa idade, pode ser bastante significativo.

Atenção!
Animais muito peludos podem estar enganando a torcida!
Muitas vezes, os cães com pelos longos estão mais gordinhos, mas os tutores não percebem por não terem o hábito de pegá-los no colo.

Mas há quem simplesmente ame ter um cachorro gordo em casa.
Para muitos tutores, cachorro que não está gordinho é porque está doente ou mal nutrido.
Converse com o veterinário se não faz parte de suas intenções deixar seu mascote no peso ideal.
Nesse caso, ele deverá se submeter com maior frequência a exames que refletem seu estado de saúde.

 Daisy Vivian é diplomada pela UFRGS em Medicina Veterinária e Jornalismo. É autora dos livros “Cães e Gatos Sabem Ajudar Seus Donos” e “Olhe-me nos Olhos e Saiba Quem Você É – histórias reais sobre pessoas e seus animais de estimação”. Escreve semanalmente em revistadonna.com.

Fonte: Jornal Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *